16122017Últimas:
16 de Dezembro de 2017, 16:31

Por que os bondes foram retirados das ruas no Brasil?

.

Bonde português preservado para exposições.

.

.

.

Os bondes começaram a ser usados no Brasil em 1859, com um percurso de sete quilômetros. O lançamento foi no Rio de Janeiro, com a participação de Dom Pedro II. Estes bondes primitivos eram puxados por burros de carga, com capacidade para 16 pessoas. A vantagem é que os trilhos dos bondes evitavam o balanço, como o das charretes, e também o encalhamento em ruas de terra.  Em 1898 chegaram os bondes elétricos. E por muito tempo o sistema foi essencial nas grandes cidades brasileiras.

.

Em São Paulo os bondes começaram a desaparecer progressivamente em 1949. Mas em algumas linhas sobreviveram até os anos 1960. Crescia o transporte a diesel, com a redução do preço do ônibus. Contra os bondes pesavam as falhas elétricas do sistema: Os bondes paravam quando acabava a luz, o que era comum. Ou quando havia desencaixe do sistema de contato com os fios dos postes especiais. Os freios também não eram seguros e havia muito acidente.

.

Os bondes também descarrilavam em esquinas com curvas mais fechadas, e atrapalhavam os carros e ônibus, aumentando os congestionamentos. E também eram responsabilizados pelos atropelamentos de passageiros, que tinham que descer ou embarcar no meio das avenidas. No Rio de Janeiro foram extintos pelo então governador, Carlos Lacerda, no ano de 1963. Algumas capitais ainda mantiveram os bondes por algum tempo, durantes os anos 1960. Mas os ônibus a diesel rapidamente tomaram conta do transporte coletivo.

.

Clique aqui para conhecer o grupo “Memória do Trem e dos Bondes no Brasil”. Ao abrir a página, clique em participar do grupo.

.

.

.

Modelo mais antigo de bonde do Rio de Janeiro no século dezenove.

.

.

Os primeiros bondes com tração animal no Rio de Janeiro.

.

.

Lançamento do Bonde Elétrico no Rio de Janeiro no final do século dezenove. Foto do Museu Virtual do Transporte.

.

.

Bonde no Passeio Público do Rio de Janeiro em 1906.

.

.

Bonde Elétrico na Praia de Botafogo no Rio de Janeiro em 1910.

.

.

Bondes elétricos da Light no Rio de Janeiro em 1910 com capacidade para 80 pessoas.

.

.

Bondes da Avenida Rodrigues Alves no Rio de Janeiro em 1924.

.

.

Estação D. Pedro II no Rio de Janeiro em 1947.

.

.

Bonde no bairro do Catumbi no Rio de Janeiro no ano de 1954.

.

.

Bonde em Vitória, Espírito Santo, sem data.

.

.

Bonde da linha Madureira Penha no Rio de Janeiro sem data.

.

.

Bonde na cidade de Campo dos Goytacazes no Rio de Janeiro sem data.

.

.

“Bonde Camarão” na  Avenida Celso Garcia em São Paulo, no ano de 1966.

.

..

Entrada de bonde português em exposição na cidade de Curitiba em 1917. Este bonde era usado antigamente em Lisboa.

.

.

.

Clique aqui para ver os destaques de hoje do Portal Memória Brasileira.

.

.

.

Que mais?

Publicações Relacionadas

Uma Resposta to "Por que os bondes foram retirados das ruas no Brasil?
"

  1. Cleydson disse:

    Boa matéria! Sou pesquisador do Rio Antigo, é membro do IHGBI (Irajá). Só gostaria de acrescentar informações na parte onde está escrito “Modelo mais antigo de bonde do Rio de Janeiro no século dezenove”, sim é o modelo antigo, mas este era um dos últimos bondes a burro em circulação no Rio de Janeiro, no ano de 1928 (O ano que extinguiu os bondes à burros). Ou seja esta foto acima, é deste ano de 1928, da linha Madureira – Irajá. Pelo ângulo da foto eos mortos de fundo, o bonde estava em Vaz Lobo.

Deixar uma Resposta

Enviar um comentário